Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

12
Out 17

A EsTrAtÉgIa dos RiCo$

 

Wait for Leave voters to die and then rejoin EU.

(Richard Branson’s Brexit strategy)

 

The+police+coming+straight+from+the+underground+a+

 

“The older generation is dying off. Whether there’s a second referendum before Brexit happens, I’m sure the Tory party will do their best not to allow that to happen, within five years there will be a government in power in Britain that will ask Europe for a chance for Britain to re-enter. And because there are so many young people who will be a little older by then, and so many older [people] who voted for Brexit will have died off, I think Britain will become a part of Europe again.”

 

[Neste caso contando com a presença do MILIONÁRIO inglês RICHARD BRANSON, detentor (entre outros dos seus Produtos mais Relevantes) da VIRGIN RECORDS (a utilizar na TERRA) e da VIRGIN GALATIC (a utilizar no ESPAÇO) ‒ e até possuindo ilhas no Mar das Caraíbas para a prática de um dos seus hobbies, observar FURACÕES em direto mas muito bem protegido/acompanhado.]

 

C-bf943XUAEU4re.jpg

 

Recordando que não há muito no passado (ainda muito recente) ‒ também sem pensar, hesitar ou sequer recuar ‒ aplicaram essa mesma teoria (levando nós com as consequências/as cobaias): Eliminando os Excedentários para a vinda do SUPERHOMEM. Estando a mais pretos, judeus, velhos, pobres, árabes, num conjunto interminável, poluindo o Ambiente e dando mau aspeto/resultados ao nobre Conjunto/Empresa ‒ com as Mentes (Brilhantes/de 1ª ou Iluminadas/de 2ª) sempre atentas e prontas a controlar (conforme Certificação).

 

poorpeople.jpg

 

Em conclusão e para já com o Milionário RB a convidar-nos à ação imediata (para se anular o BREXIT), praticando o Assassinato Generalizado mas Focado nos Idosos (recordando-nos o nosso Coelho entretanto abatido) ‒ e já agora de mulheres e crianças (também), de modo a diminuir a ocupação desnecessária de terrenos (tão importantes numa Ilha).

 

(texto/inglês: Richard Branson/Radio Televisão da Irlanda/rte.ie ‒ imagens: funnyjunk.com - BrexitBritain/twitter.com - secretentourage.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:08

25
Mai 15

Quando um Governo nos oferece o Céu e o Inferno (ao mesmo tempo), o povo estranha e fica confuso. Mas num último esgar de esperança ainda acredita (na continuação do cenário) e ao toque do sino segue (de novo) o rebanho: segundo ele o pior cenário será sempre o do Purgatório (pretensamente pobres mas com saúde).

 

Pobres: sem dinheiro não estou a ver como!

 

2821.jpg

O Inferno
(artista anónimo da escola portuguesa)

 

No mesmo dia em que fico a saber que a nossa fantástica Ministra das Finanças prometeu aos jovens que se o seu partido ganhar os velhos jamais serão um entrave para os seus futuros risonhos (se existirem problemas financeiros cortará mais uma vez nas pensões milionárias dos velhos, pelos vistos verdadeiros parasitas e sorvedores de dinheiro), fico também a saber que entre as muitas vítimas do Ministro da Solidariedade Social (o mesmo que tem vindo a asfixiar novos e velhos, destruindo-lhes na base o seu crédito futuro de esperança e quebrando invariavelmente as cadeias de amizade entre ambos) estarão também crianças com diferentes tipos e níveis de deficiência, que usufruirão de apoios legais a que logicamente terão direito: sujeitando-as a dirigidas e inconcebíveis juntas médicas, levadas a cabo por elementos não qualificados para a função e com o único objectivo de as eliminar das listas de apoio (por razões estritamente económicas e pelos vistos aplicadas a um sector a desaparecer no futuro, por não produtivo e desinteressante).

 

Proponho que o novo Governo estabeleça um limite de validade para os nossos velhos (por exemplo e inicialmente a idade de reforma), a partir do qual os mesmos se ofereceriam voluntariamente para serem inseridos num processo de aproveitamento e reciclagem, em solidariedade para com os outros elementos do seu grupo, ainda válidos e produtivos. Criando sempre excepções com contrapartidas financeiras. Afinal de contas “a excepção confirma a regra”. Não esquecendo o problema com o ainda grande contingente de jovens (muitos continuam a não querer deixar os seus sofás inseridos nas zonas de conforto familiares) e as suas necessidades de sucessivas certificações e qualificações profissionais (para pelo menos verem o túnel com a saída lá ao fundo): já que largaram algumas centenas de milhares ao abandono (nem trabalham, nem estudam, talvez roubem) e outros tantos em países vizinhos (já que sabem vão trabalhar, mas para outro lado), o Governo deveria aproveitar esta excelente oportunidade para decretar a extinção desta geração (já que anteriormente outras também ficaram pelo caminho) – até porque é essa a razão pela qual estes políticos chegaram ao poder. De tão Perfeitos sendo tão Medíocres.

 

Nós não somos gado, mal acondicionados num cercado!

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:05

08
Abr 14

Segundo um estudo levado a cabo por Daniel Notterman investigador pertencente ao Colégio de Medicina da Universidade do Estado Norte-Americano da Pensilvânia e realizado a 40 crianças todas elas com nove anos de idade – metade oriundas de meios pobres e a outra metade de meios ricos – as primeiras além de terem desde logo a desvantagem inicial de virem de meios pobres, apresentariam suplementarmente e como consequência desse mesmo factor negativo, um ADN aparentemente de meia-idade (estudo publicado em pnas.org).

 

ADN

 

Como se já não bastasse o nosso aspecto exterior – quanto mais velho pior – futuramente o ser humano poderá passar a ser sujeito a testes complementares de qualificação profissional, através da análise do seu ADN e despistagem dos casos especiais de “velhos escondidos”.

 

Assim e de acordo com as teorias maioritárias neste momento muito em voga no meu país, estabeleço desde já uma lista provisória mas segura – até como contributo patriótico para a reforma da administração pública – para uma requalificação e selecção mais rigorosa de todos os nossos trabalhadores (públicos e privados):

 

INDIVÍDUO

RICO

POBRE

ADN (n)

ADN (mi)

SUCESSO (%)

Classe 1

X

 

X

 

100

Classe 2

X

 

 

X

50

Classe 3

 

X

X

 

25

Classe 4

 

X

 

X

0

Pirâmide de Classes Sociais

(excluindo a casta extraordinária)

 

Às classes 1 e 2 deverão ser atribuídos cargos exclusivamente de topo – no vértice superior da pirâmide – enquanto as classes 3 e 4 deverão ser colocadas em camadas descendentes e sobrepostas até à base da pirâmide social. Exterior a essa pirâmide e no seu controlo total estarão as Entidades Superiores, uma casta extraordinária constituída por aquelas que falam directamente com Deus.

 

INDIVÍDUO

DESCRIÇÃO

Classe 1

Numerário

Classe 2

Supranumerário

Classe 3

Excedente

Classe 4

Desqualificado

Caracterização das Classes Sociais

(excluindo a casta extraordinária)

 

Por outro lado e ao contrário do que muitos pensam o mais que previsível esmagamento da pirâmide social terá duas consequências extremamente virtuosas: a aproximação dos cargos técnicos de topo da realidade socioeconómica – o que os tornará mais conscientes da sua condição provisória – e a diminuição da área de apoio necessária à sustentação da base da nova e concentrada pirâmide social – o que tornará (por libertação de espaços anteriormente ocupados) o planeta mais ecológico. Talvez seja este o caminho certo para o Paraíso ou então para a nossa definitiva Implosão.

 

Vejamos o exemplo de um dos grandes dirigentes deste século XXI e das suas afirmações (políticas) e convicções (religiosas) como presidente da maior potência à superfície da Terra, os Estados Unidos da América:

 

George W. Bush – Junho de 2003 – segundo palavras a ele atribuídas pela BBC

(em noticias.terra.com.br de 06.10.2005)

 

“Estou movido por uma missão divina".

"Deus me disse, George, vai e luta contra os terroristas no Afeganistão. E eu o fiz. E Deus me disse: George acabe com a tirania no Iraque. E eu o fiz. E agora, sinto ainda a palavra de Deus que me diz: dá um Estado aos palestinos e aos israelitas a sua segurança e consiga a paz no Oriente Médio. E, por Deus, eu o farei".

"Tenho uma obrigação moral e religiosa. Portanto, vou conseguir um Estado palestino".

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:03

18
Jul 12

Os E.T.E. e as nossas necessidades de sobrevivência

 

A GNR de Albufeira vai investigar a presença de Velhos e de Gaivotas no mercado municipal

 

1

As profundas alterações climáticas registadas em muitas partes do mundo têm vindo a afetar progressivamente o tempo, incluindo a meteorologia do nosso país. No sul de Portugal os sinais de perigo que vão aparecendo são cada vez mais preocupantes, com o avanço da desertificação vinda do norte de África, associada ao crescente problema da falta de água, caso ainda mais agravado pela destruição maciça da fauna e flora algarvia em anos passados, debaixo da força devastadora dos incêndios aí ocorridos e da malfadada mão do Homem.

 

2

É já muito comum, vermos as gaivotas a afastarem-se da costa à procura de alimentos ou os charnecos em grandes bando vindos da serra interior, a visitar as nossas casas e a fixarem-se nos nossos campos mais ricos em alimentos e bicharada e estrategicamente localizados mais perto do litoral e das praias; locais turísticos onde se vai acumulando todo o lixo e animais mortos de que estas aves se alimentam e com que se banqueteiam e consequentemente, se instalam e se reproduzem.

 

3

Numa visita ao Mercado Municipal da cidade registamos a opinião de algumas pessoas sobre as consequências das constantes alterações climáticas e da profunda e prejudicial ação do Homem sobre a natureza, tendo a maioria das pessoas entrevistadas idades superiores a 45 anos e realizando visitas cada vez mais assíduas a este local de compra, venda e convívio de qualidade, face à degradação crescente das grandes áreas comerciais, cada vez mais impessoais e fortemente atingidas pela crescente falta de qualidade dos seus produtos expostos.

 

4

O povo presente queixou-se maioritariamente e sobretudo da falta de ação da autarquia para promover e desenvolver ainda mais esta zona – situada tão perto do centro antigo e do centro mais moderno da terra e com os jovens e as suas escolas tão à mão de semear – enquanto por outro lado deixa a GNR e a ASAE espalhar o pânico entre comerciantes inocentes, cumpridores, taxados e alguns mesmo já membros do grupo da terceira idade. Veja se por exemplo o caso da falta de alguns chapéus-de-sol para proteção de vendedores e clientes, muitos deles com idades já avançadas e da falta de respeito demonstrada sobre um comerciante de calçado legal – apesar da sua defesa feita no local pelo fiscal da câmara – por nós todos conhecido e respeitado e integrado com a sua família na sociedade albufeirense há cerca de 40 anos.

 

5

E aqui surge o Estranho. A sua vida é um pouco da história desta terra chamada Albufeira. Filho de gente honrada e honesta, de agricultores e pescadores abandonados à sua sorte, este teve que fazer o seu percurso de vida sem poder recorrer a nenhuma ajuda ou solidariedade, sob a pena de por abandono e desconhecimento da sua existência, poder aparecer morto numa valeta como o cão atropelado na 125 pelo potente carro do artista, que por acidente se viu desviado da Via do Infante – a via conhecida como não tendo custos para o utilizador, desde que se tenha dinheiro para a pagar.

 

(imagem - Passeio dos Tristes)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:28

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO