Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

29
Mar 18

“À medida que a Tecnologia se desenvolve a um ritmo acelerado e surpreendente, em contramão e incompreensivelmente o Homem parece regredir mentalmente e exponencialmente.”

 

Na passada segunda-feira (dia 26 de Março) e enquanto alguns (mais interessados) observavam a transmissão em direto oriunda da Estação Espacial Internacional (figura 1/ISS) – orbitando o nosso planeta a cerca de 400Km de distância – algo de estranho (por não devidamente esclarecido) se passou em seu redor (como se pode ver pela alteração de tonalidade) sendo registado pelas câmaras deste (grande) satélite artificial (e além do mais tripulado).

 

iss02-nasa-960-1516892610.jpg

Fig. 1

Estação Espacial Internacional

(ISS)

 

Num momento em que na Terra (já com mais de 4,5 biliões de anos) ainda se discute se devemos ou não pensar em partir do nosso planeta – à procura de Outros Mundos e de Outras Terras, como o fizeram os Navegadores na sua Conquita dos Oceanos – de modo (único) ao Homem poder garantir desde logo o seu Futuro (já que a Terra como o Sol não duram para sempre), por cá nada se passa senão a inquietante, progressiva e acelerada degradação mental do Homem (bem espelhadas nas sua Elites e no seu puro e dedicado oportunismo) deixando-nos prever Tempos (talvez mesmo a muito Curto-Prazo) no mínimo preocupantes: (1º) ficando-se muito admirado (agora e com este último incidente) pelo Facebook nos ver meramente como um Produto/uma Coisa (não pagam logo de que é que estavam à espera?) – falando-se para nos entreterem/enrolarem em falhas (de seguranças) (2º) e verdadeiramente siderado (como animais ditos racionais) por todas as Ideias e Ações (propostas e levadas a cabo) se basearem apenas no ACREDITO porque foram ELES que disseram!

 

ISS2.jpgISS3.jpg

ISS4.jpgISS5.jpg

Figs. 2-3-4-5

ISS sob Ataque Vermelho

(Março 2018)

 

“Num Mundo cheio de Mentes Brilhantes, mas onde são os Idiotas a deterem o Poder.”

 

Como se pode constatar pela sequência de imagens anterior (2/3/4/5) com a ISS a ser subitamente invadida por um clarão de luz avermelhada (antes não visível) parecendo dirigida e como que envolvendo a estação espacial: aparecendo e desaparecendo pouco tempo depois (e por mera curiosidade/coincidência originando um corte temporário na transmissão) num fenómeno de origem desconhecida e entre outros entretanto ocorridos e não completamente esclarecidos sugerindo as mais diversas explicações e (até) associações – podendo até ser um fenómeno natural (de origem/associação terrestre) ou então artificial (com intervenção externa afetando a Terra e recuperando de novo as Teorias da Conspiração/ entre outras o sempre previsto, presente, mas nunca concretizado, Planeta X).

 

4A88CD1C00000578-5541331-image-a-1_1521965449692.j

Fig. 6

A Terra também sob Ataque?

(Março 2018)

 

Em Terra (e apesar da desvalorização e não divulgação do incidente alegadamente ocorrido no Espaço) com outros fenómenos um pouco estranhos (pelo menos para nós os leigos) a ocorrerem (na mesma semana e nas proximidades), pelo período de tempo em que ocorreram e por algumas similitudes entre eles (contestáveis) sendo por alguns associados ao ocorrido na ISS: atingindo aqui países europeus (da Europa Central/Leste como a Bulgária, a Roménia, a Rússia e a Ucrânia/figura 6) – depois de um outro fenómeno simultâneo e associado (a tempestade de areia oriunda do Sahara) ter atingido a região do Mediterrânico (Oriental).

 

(imagens: nasa.gov – John/youtube.com/nasa.gov/ISS – Margarita Alshina/Instagram/eventregistry.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:22

15
Abr 14

Como muitas pessoas sabem o eclipse da Lua dá-se quando:

- A Terra, a Lua e o Sol estão alinhados na mesma direcção;

- A Terra se intromete entre a Lua e o Sol.

Verificando-se simultaneamente estas duas condições o que acontece é que a Terra tapa completamente o Sol, impedindo que a sua luz chegue até à Lua e colocando-a logicamente numa zona de sombra.

 

Eclipse total da Lua registado em 15.04.2014

(Victor Rogus – Jadwin – Missouri – USA)

 

A particularidade aqui salientada neste eclipse é dada pela cor avermelhada apresentada pela Lua. Mas porque é que este fenómeno acontecerá?

1. Devido à interposição da Terra entre a Lua e o Sol, a luz da nossa estrela não chega directamente ao nosso satélite natural;

2. No entanto no momento em que a Lua entra na zona de sombra acaba por receber indirectamente os raios do Sol reflectidos pelo nosso próprio planeta e emitidos na sua direcção;

3. E são estes raios reflectidos pela superfície do nosso planeta, que dão à Lua a sua cor avermelhada.

 

Aproveitando esta oportunidade “astronómica” poderemos ainda utilizar esta ocasião para fazermos no nosso consultório espacial um pequeno check-up à Terra – pelo menos no que diz respeito à saúde da nossa atmosfera: é que, quanto mais escura a Lua se apresentar, pior poderá ser a qualidade do ar que respiramos no nosso planeta – provavelmente devido (entre outros factores) ao aumento da poluição provocada pelo Homem.

 

(imagem – space.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:49

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO