Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

27
Jan 20

European Masters

Final

 

Neil Robertson 9

Zhou Yuelong 0

 

maxresdefault.jpg

Com o australiano ex-Campeão do Mundo (de 37 anos)

e com 17 provas de RM (+ outras 10),

Degolando (é certo que acidentalmente) o jovem chinês (de 22 anos).

Ainda por estrear em vitórias.

(mas já tendo sido Campeão do Mundo por equipas em 2015 pela China,

juntamente com outro seu colega ainda mais jovem, Yan Bingtao)

 

Antes do início do MASTERS EUROPEU e com a exceção (1ª exceção) do inglês Ronnie O’Sullivan

 

Aí sendo 3º Ranking Mundial (RM), mas estando ausente da prova

 

Verificando-se com a exceção (2ª exceção) do australiano Neil Robertson

 

Então 5º RM

 

A eliminação de todo o restante Top 16 do RM das Meias-Finais (MF) da prova

 

Já nos Quartos-Final (QF) em 8 sendo apenas 2

(o outro sendo o inglês Barry Hawkins)

 

9ª da época (2019/2020) a contar p/ RM:

 

E assim aproveitando-se da situação criada pela eliminação de todo o Top 16 do RM à sua exceção (do australiano), chegado às MF com Neil Robertson a cumprir apenas a sua obrigação, batendo inapelavelmente na sua MF o inglês Allister Carter (então 17º RM) por 6-1, para de seguida esmagar o chinês Zhou Yuelong na final por 9-0 (então 31º RM).

 

Calendário

Próximas provas de RM:

(janeiro)

Masters da Alemanha (Masculino)

29 JAN/2 FEV

Detentor do Troféu:

Kyren Wilson (ING)

Open da Bélgica (Feminino)

31 JAN/2 FEV

Detentor do Troféu:

Reanne Evans (ING)

 

A partir da evolução desta prova desde as sua Rondas de Qualificação (2) até às Rondas do Quadro Final (5), começando-se a perceber melhor a posição de THE ROCKET

 

O maior jogador ainda vivo e no ativo na História Mundial do Snooker

 

Sobre a realização e organização das provas segundo os critérios da World Snooker:

 

Aqui oferecendo-nos um espetáculo com pouco impacto e interesse

 

Por vezes deprimente

 

Eliminados todos os favoritos à exceção de um muito superior

 

Já agora aplicando-se um pouco mais e levando consigo o primeiro prémio

(o esmagado e pelo sacrifício o segundo).

 

Já imaginaram o que seria o Campeonato Nacional de Futebol (em vez de dividido em divisões, para se hierarquizar a sua qualidade) englobar todas as equipas das 3 divisões (108) e ainda alguns das distritais numa só

 

Suponhamos que associando ao bilhar e à disciplina do Snooker,

num total de 128 equipas

 

Proporcionando conquistas e títulos inesperados por acidentais, como muitas vezes sucede na Taça de Portugal?

 

Como se por acidente a final do Campeonato Nacional de Futebol fosse entre o Ac. Viseu (um clube de futebol com História) e o Canelas 2010 (se teve, agora com novo dono, ficando pelo caminho − lembram-se de como foi subindo de divisão?) e ganhasse este último tendo acesso direto à Liga dos Campeões!

 

Hoje com Neil Robertson passando a 3º RM

(merecido)

E com Zhou Yuelong subindo a 23º RM

(um jovem com talento para a modalidade, mas ainda algo inexperiente,

com este sistema não sendo protegido como devido,

para em vez disso ser entregue “jovem & tenro” às feras).

 

(imagem: Snooker ChalK/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:29

Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

World Snooker

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO