Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

03
Jan 18

Ainda com Carmen a caminho (de Portugal) mas com Eleanor desde já a apresentar-se (em França).

 

eiffel1.jpg

 

Depois de ter atravessado a Irlanda e a Grã-Bretanha provocando pelo caminho grandes inundações (devido à elevada precipitação), milhares de casas sem eletricidade (por danos provocados na distribuição devido aos ventos intensos) e ainda deixando todo o litoral em alerta devido à grande agitação marítima (especialmente a costa ocidental da Irlanda como foi o caso da cidade de Galway) ‒ na Grã-Bretanha colocando o país em Alerta Amarelo (essencialmente devido aos ventos intensos chegando a atingir os 160Km/h), provocando interrupções nos transportes e na distribuição de eletricidade (devido ao forte e duplo impacto chuva/vento) e inundações e quedas de árvores ‒ chegou a hora da Tempestade ELEANOR atingir a FRANÇA e de colocar os seus meteorologistas em estado de alerta: com a Météo-France, a Aemet e o IPMA (depois da passagem da Tempestade Ana, Bruno e Carmen ‒ com esta última ainda a caminho de Portugal) a decidirem integrar esta nova tempestade na sua lista recentemente criada (adiando para data posterior a chegada de David e Emma) lançando um novo alerta (meteorológico) para França/Espanha/Portugal.

 

231e33480ce94718c656ecd3fcdafd39.jpeg

 

Na sua passagem por França e entrando pelo norte (vinda do sul de Inglaterra) com a Tempestade ELEANOR a atingir fortemente a Normandia e no seu caminho para sul a cidade de PARIS (e arredores) ‒ no caso da Normandia deixando cerca de 200.000 habitações sem eletricidade (com a passagem da Tempestade Carmen aproximadamente 1/5) e no caso de Paris causando grandes perturbações (entre outros) nos seus transportes aéreos: com um dos símbolos da França e da sua capital Paris a TORRE EIFFEL a ser fechada à visita do público (e aos turistas) devido às fortes rajadas de vento aí verificadas (100Km/h). Para já com a passagem da tempestade Eleanor a provocar quase uma dezena de feridos (alguns deles em estado grave), segundo a meteorologia francesa deslocando-se para sudeste acompanhada de ventos podendo atingir os 200Km/h: consultando os mapas da EUMETNET e verificando-se a deslocação da tempestade para sudeste, sendo uma boa notícia para Portugal (meteorologicamente falando) localizado para sudoeste ‒ deixando para a Península Ibérica uma estreita faixa podendo vir a ser atingida (pelos efeitos de Eleanor) no caso de Portugal (e mais intensamente) toda a costa litoral do rio Minho até Lisboa (até pela forte agitação marítima).

 

(imagens: AFP/EUMETNET)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:02

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

17
18

21
25
27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO