Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

22
Abr 19

[Ou mais tipo Sugestão? Chegando-se a controlar Sujeitos (Homem) com imagens de Objetos (Santinhos de Madeira).]

 

Depois da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo − e com a matança recente de Cristãos no Sri Lanka pelo meio − prognosticando-se agora (e de novo) a morte de Donald Trump, esperando-se (neste caso e não sendo cristão, já que este a todos perdoa e oferece a outra face) que não ressuscite.

 

shutterstock_245337616.jpg

Comemoração da Páscoa na Polónia

Gdansk − 10 de Abril de 2009

(alternet.org)

 

Terminada a Semana Santa e as Festividades da Páscoa como uma tradição antiga no Cristianismo Ocidental (caso de Portugal)

 

– Sendo simultaneamente considerada como uma das interrupções oficiais certificadas e permitidas pelo Calendário Político-Religioso aceite (e em curso)

 

E com a vida a retornar de novo à habitual monotonia do nosso quotidiano repetitivo, miserável e sem esperança (para a esmagadora maioria das mais de 7,5 biliões de almas habitando este planeta, limitando-se unicamente a tentar arranjar um emprego para poder comer, dormir, procriar e sobreviver)

 

– Enquanto por cá (Portugal Continental e Ilhas) tudo regressa aparente e ordeiramente à normalidade (apesar da tragédia com um autocarro turístico na Madeira e do fait-divers da falta de combustível no Continente)

 

No Resto do Planeta e como seria lógico (afinal de contas e na melhor das hipóteses apenas cerca de 1/3 serão Cristãos, seguidos de Muçulmanos/24% e Hindus/15% e com os Budistas/7% no fim) o Mundo não para, assim como a intervenção no mesmo (infelizmente existindo uma só Terra) da sua espécie dita dominante (com ações sem benefício visível para o grupo mas benéficas para um só indivíduo, como tal discriminadoras e mortais para a sua própria espécie) o Homem.

 

Como se constata “por consciente e deliberadamente se incentivar o que há de pior no Mundo”, com a prossecução da Guerra Civil na Líbia (depois da Guerra Civil na Síria), com o veto de Donald Trump sobre a Guerra Civil no Iémen (consentindo o prosseguimento do Genocídio às mãos dos Sauditas e seus terroristas associados como a Al-Qaseda e o Exército Islâmico), com o atentado recente no Sri Lanka antigo Ceilão. (tendo religiões como a Cristã como alvo)

 

45392755482_bd5c493322_k-1170x780.jpg

Com Trump a poder colapsar fisicamente

Após a publicação do Relatório Muller

(segundo Tana Ganeva/alternet.org)

 

E até e apesar das milhões de vítimas causados pelos conflitos referidos anteriormente − estando-se aqui a falar de “Sujeitos, Pessoas”, Animais como Nós

 

– Com o choro emotivo e descontrolado da generalidade das pessoas (para tal educados, predispostos e condicionados) face à destruição de simples Objetos, maioritariamente materiais de construção (é certo que apresentando-nos Monumentos majestosos, mas feitos à custa de muito sacrifício Humano) e tendo pelo meio alguma Arte (utilizando materiais semelhantes, mas com outros objetivos e mensagens):

 

Mesmo que tocante e penetrante identificando-se com minorias (poderosas nem se vendo só mesmo nas desgraças, veja-se o exemplo de Macron), apesar de visitada esmagadoramente pelas mais diversificadas maiorias (miseráveis, mas julgando-se superioras, umas sobre as outras, dependendo da retribuição).

 

-  Pelo meio com um português a morrer no Sri Lanka/ex-Ceilão (originário de Vouzela/Viseu e estando no Sri Lanka em turismo/lua-de-mel no instante do atentado/salvando-se por milagre a esposa),

 

-  Com um Comediante (Volodymyr Zelenskiy ligado a outro Oligarca e apoiante da livre prostituição e do jogo como se estivesse num Casino/armas só para os seguranças) a ser eleito Presidente na Ucrânia,

 

-  E com um outro Presidente (dito o Mais Poderoso do Mundo e podendo mesmo sem querer carregar no botão Nuclear) a continuar a ser perseguido ferozmente pelos Média (e logo um milionário, um símbolo do capitalismo norte-americano, um exemplo de sucesso na Terra Prometida, o empresário − REP como poderia ser DEM − Donald Trump):

 

Em mais uma paródia histórica (falando de Reis nunca da plebe) se não se passasse nos EUA (a Terra dos Excecionais pelo menos em Armamento) o Império sucedendo ao Império Romano – mas aos Olhos-do-Mundo  (e do seu novo Eixo Económico-Financeiro Asiático com a Rússia, a China e a Índia) já Decadente e para sua própria sobrevivência necessitando (de uma forma cada vez mais urgente) de mais uma Grande Guerra.

 

Faltando-se apenas saber (pelos Sinais confirmar) não porquê, mas onde e como – com fortes candidatos a perfilharem-se, ligados à produção de Energia e sobretudo ao Petróleo (Venezuela e Irão?).

 

[No caso do atentado brutal registado no Sri Lanka, com as vítimas mortais a estarem já próximas das 300, incluindo um cidadão português de Vouzela/Viseu.]

 

(texto: WEB − imagens: alternet.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:43

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

15
16

21
25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO