Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

13
Abr 15

277E194F00000578-0-image-m-15_1428872172692.jpg     277F662A00000578-0-image-a-16_1428872186486.jpg

O pai morto e o filho ferido
(em mais um atentado, este bem sucedido)

 

Por mais que queiramos fugir à crescente miséria que nos rodeia e ao cheiro nauseabundo que tão eficazmente a caracteriza (um cheiro de morte), as constantes notícias vindo das mais diversas partes do mundo e envolvendo temas tão diferenciados como comuns, apenas apontam numa única direcção: a banalização da miséria e o poder absoluto da morte.

 

Não é pois de espantar que um agradecimento por todo o serviço prestado tenha por uma questão de hierarquia e de segurança vários tipos de interpretações (e até de intervenções), tudo dependendo do ponto de vista (um factor subjectivo) e de quem está a analisar (objectivamente um factor preponderante). Tal como numa organização mafiosa (principal característica duma organização secreta) o seu Padrinho tem o privilégio e o dever de para protecção da família matar um dos seus membros.

 

“Abandoned by Britain... then gunned down by the Taliban: Hitmen target Afghan interpreter and his son, two, after they're refused entry to the UK.”

 

277C5CD300000578-0-image-a-17_1428872301479.jpg

Abatido a tiro apesar de constantes ataques e pedidos de ajuda
(com o pedido de asilo sempre negado pela Grã-Bretanha)

 

Aqui o que aconteceu foi que o Padrinho era da Grã-Bretanha e o familiar (como se pode ver distante) era do Afeganistão. Enquanto o Padrinho esteve activo no país do seu familiar, pediu-lhe ajuda, conselhos e até protecção. Como interprete sempre lhe traduziu tudo, apresentou-lhe o país e expôs-se ao mundo. Existiam outros mafiosos. Um dia o Padrinho decidiu abandonar a concessão e regressou ao país. O familiar (por ligação hierárquica) pediu-lhe protecção. E nem acreditou na resposta: asilo negado, no seu país estava bem.

 

Como se pode constatar o agradecimento dos Governos é sempre espectacular para com os seus cidadãos e no mínimo primoroso para com todos aqueles que submetendo-se a todos os sacrifícios apenas pretendem não tendo outro remédio sobreviver. No caso da Grã-Bretanha o gesto deste país que se julga uma grande potência nem chegando sequer (com as suas atitudes) a uma grande nação, é apenas elucidativo e exemplar (já que o afegão está morto, o filho gravemente ferido e a sua família sabe-se lá) daquilo que o Predador pensa repartir com a sua Presa.

 

'Chris', who worked with SAS and Marines, was shot near home in Khost.
26-year-old says Taliban have attempted to kill or kidnap him several times.
But he says British Government has dismissed his fears on ten occasions.
Immigration scheme says he cannot live in UK because of his dates of service.

 

Simplesmente Obsceno.

 

(texto em itálico/negrito e imagens: dailymail.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:53
tags: , ,

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO