Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Trauma Recarregado − Esperando (ainda) por Lucifer

Terça-feira, 24.08.21

Com a nossa civilização de pernas-para-o-ar (ou para ser mais duro, com a esmagadora maioria de nós, os que permitimos, de “pernas-abertas”) assumida definitivamente a primazia do Objeto sobre o Sujeito (vítima de rápido desgaste e com custos de manutenção elevado)

ec22.jpg

Sujeito Vs. Objeto

– E tendo ainda os nossos órgãos dos sentidos em atividade, mesmo que em módulo mínimo de funcionamento e apesar de algum tipo de “seccionamento cerebral” a que temos sido gradualmente sujeitos (nem sequer necessitando do “bisturi nobel” do nosso “médico-de-família” Egas Moniz, com tantas formas de manipulação subliminar) –

Não sendo de admirar que depois de mais um descontrolo do Homem na preservação da sua espécie como todos nós sabemos caminhando imperturbavelmente no caminho inevitável da sua extinção (como o comprova o descontrolo global e social perante o coronavírus − Saúde Vs. Economia − e o caso do Afeganistão − Vida Vs. Morte), demonstrando (de novo e como sempre, exceto para o “ceguinho”) a insignificância do seu poder (do Homem) face ao estrondoso poder da Natureza – com o Homem apenas sendo capaz de se autodestruir, pensando certamente que em delírio, que com o seu desaparecimento, desaparece a Terra e o Mundo (com as suas “Bombas” apenas se extinguindo, dando origem ao aparecimento de uma nova raça dominante – esta (a Natureza) revele mais uma vez a sua força, não pelo poder do Homem exercida sobre ela (minúsculo, pensando só pela sua intervenção particular, egocêntrica e centralizada nele mesmo, “Alterar o Clima” de um planeta como a Terra), mas apenas como tudo na Vida devido à inevitável transformação e evolução de tudo o que se move, estando Vivo.

Não sendo dando um tiro na cabeça e esperando ressuscitar (com a graça de Deus ou de outras Máquinas) que nós chegaremos um dia a algum lado a não ser o já conhecido pelos Dinossauros:

Até porque candidatos à nossa sucessão já existirão muitos (formigas, baratas, ratos, etc.) alguns mesmo organizados em sociedade, mesmo que por despeito (até desrespeitando Deus, achando-nos superior, o Centro) o não queiramos reconhecer.

E aí entra mais uma vez o “poder absoluto da Natureza” (querendo a Terra destruir-se, levando-nos com ela e não o contrário), comprovando mais uma vez (como se tal fosse necessário, mas com os “Negacionistas da Natureza” a serem cada vez em maior número, dado o seu falso poder garantir-lhe o nível hierárquico de proteção necessário) e face a mais duas derrotas do Homem (face ao Coronavírus e face a nós próprios na Guerra) quem na realidade manda:

2437-200522 Nature (Hajjaj).jpg

Homem Vs. Natureza

Desde que existem registos e que se saiba sendo a primeira vez que chove sore a camada gelada da Gronelândia, num território bem próximo do Polo Norte onde precipitação que se conheça e devido às baixas temperaturas só sendo de neve.

Ora não sendo esse o caso verificado recentemente (no Hemisfério Norte onde decorre neste momento a estação do Verão), já que em vez de nevar durante horas seguidas ter chovido, inundando a superfície gelado e até contribuindo com esta ação para um mais rápido degelo de diversas camadas (superficiais e inferiores) contribuindo certa e futuramente para o subir do nível médio da água-do-mar:

Numa logica de evolução natural e geológica da Terra, com uns territórios afundando e outros emergindo originando migrações e até o aparecimento de novas Civilizações novas espécies dominantes, mais ou menos ligadas diretamente (ou “à distância”) à nossa – amanhã com muitas zonas costeiras (até leitos de antigos rios) afundando-se desaparecendo (extravasando “as suas competências”), sendo necessariamente substituídas, sendo esta a Lei da Vida e não do Homem (apenas um dos bichos presentes, frágil e facilmente descartável).

Um dia num futuro mais próximo do que pensa (e não nos tendo já auto exterminado, dado a nossa capacidade de nos destruirmos várias vezes, a nós não à Terra, essa adaptando-se num milésimo de segundo) vivendo-se nos polos norte e sul, deixando o resto do planeta como hoje tratamos a grande maioria, de lado e esquecido, até ao próximo sobressalto, ou Ciclo Terrestre:

Tendo a Terra vários biliões de anos, sendo logico e natural que a mesma tenha passado por vários Saltos Civilizacionais, com outras espécies ou até mesmo o Homem tendo dominado à sua superfície (aqui como noutros objetos integrando uma História maior a do nosso Sistema, da nossa galáxia do Cosmos).

12022464_821476234637884_3548378118043652347_o.jpg

Lucifer Vs. Deus

Com este fenómeno registado na Gronelândia a ser para já único (nesta zona com a temperatura por uma ou outra vez tendo ultrapassado momentaneamente o “Zero” sobre a camada superficial de gelo, mas nunca tendo chovido só nevado) resultado do aparecimento de anticiclones antes mais afastados, fazendo descer em altitude camadas atmosféricas à medida que se movimentam (em altitude, descendo) aquecendo camadas inferiores:

Como o nosso conhecido anticiclone doa Açores subindo igualmente ao longo do Oceano Atlântico (agora mais a norte) influenciando não só o nosso clima mas o de territórios adjacentes.

Isto para já não falar do Polo Norte e das suas coordenadas geográficas, com o seu eixo virtual a continuar a deslocar-se em direção à Sibéria − não será esta mais uma manobra de Vladimir Putin em estreita colaboração com Xi Jinping (o Eixo do Mal em ascensão) e agora que Joe Biden (o Cruzado e símbolo do Eixo do Bem) anda nas nuvens (pelo menos a sua cabeça) para agora e em conjunto formatarem a geologia da Terra (mostrando-se mais poderosos que a mesma, mais poderosos que um planeta, talvez mesmo que os Extraterrestres ou até um asteroide) segundo o que estes Homens Poderosos o desejam?

Ainda-por-cima com a Europa roubado o último cêntimo (dos rendimentos) da velhinha − vindo dos tempos coloniais – sem sequer disfarçar e até usando as mesmas estruturas/mecanismos (arquitetónicos e legais, os quarteis, os filhos dos militares, evoluindo da pistola para o papel igualmente podendo matar) teve que assumir definitivamente o seu papel de “SUPER prostituta mental”:

Desmentido o poder das armas (antes querendo-se tropas) e desmascarados os terroristas-especialistas, sendo eruditos apenas no papel (depois querendo-se doutores) higiénico e aí deixando a sua verdadeira marca.

(imagens: envolverde.com.br – cartoonmovement.com – facebook.com)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:31


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.