Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Uma Árvore em Marte

Domingo, 30.01.22

Numa imagem da sonda EXOMARS lançada pela agência espacial europeia ESA e pela agência espacial russa ROSCOSMOS do cosmódromo de BAIKONUR (Cazaquistão) em março de 2016 tendo como missão explorar o planeta MARTE ─ no dia de hoje (em aproximação) a pouco mais de 325 milhões de Km da Terra (theskylive.com)

Crater_tree_rings-1.png

MARTE

Planitia Acidalia ─ 51.9°N/326.7°E

(ESA/13 junho 2021)

O registo de algo que poderia ser considerado espetacular caso se confirmasse o que o mesmo aos nossos olhos parentava ser, tão familiar se apresentava e nos parecia, fazendo-nos de imediato tocar a campainha de alerta dos nossos arquivos de memória e indicar-nos estarmos muito provavelmente na presença, nada mais nada menos,

De uma ÁRVORE.

Uma árvore com a sua base bem enterrada no solo marciano, na cronologia da sua existência neste planete tendo sofrido um qualquer tipo de evento, atualmente apresentando este aspeto diferenciado, como se tivesse sido cortada pela base por uma máquina de corte de um qualquer madeireiro, fosse ele terrestre e a ação se passasse no nosso planeta.

Terra tendo Atmosfera, Água, Vida e várias camadas exteriores de segurança, como as fornecidas pela nossa camada atmosférica e pelo campo magnético terrestre, protegendo a sua superfície e o seu Ecossistema, dando-lhe a sua cor e contrastes tão característicos e fazendo-a sobressair, ao contrário do seco, desértico e sem Vida Planeta Vermelho.

20-11-2013 02-01-43.jpg

TERRA

Anéis de crescimento de uma Árvore

(corte transversal)

Marte apresentando-se com a cor própria da ferrugem, um Mundo para nós sem os três elementos essenciais “Ar, Água e Vida”, sendo-o tanto para nós como para toda a Vida existente no nosso planeta, sendo ela fauna ou sendo ela flora e nesta última incluindo-se as árvores, não existindo estes 3 elementos, não existindo estas igualmente.

Em Marte e sendo assim, também.

E não sendo uma árvore tendo sofrido um corte acidental, colocando à nossa vista os seus tão típicos anéis concêntricos, indicando-nos através do se estudo e análise (comparada) um mapa da nossa “Evolução Climática” ao longo da nossa História, mesmo deixando-nos mais uma vez tristes por não encontrarmos um novo companheiro de Vida (do mundo animal ou do vegetal),

Não deixando de aproveitar este momento no fundo especial (levando-nos a pensar) para pegando no raciocínio aplicado à árvore e adaptando-o a estas condições (e olhando par “o corte”), aplicá-lo agora à “Árvore-de Marte”: podendo-nos indicar alguns detalhes sobre a História de Marte, tratando-se de uma cratera de impacto (pelos indícios) rica em gelo.

Podendo ser na nossa imaginação uma “Árvore”, sendo na realidade uma “Cratera de Impacto”.

(imagens: esa.int ─ arboreo.net)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:10