Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

19
Mar 21

Como um homem peludo, feio, pouco inteligente e rude ─ fazendo figura de “URSO” ─ permite que o seu melhor URSO ─ confirmando qualidades ─ se coloque em fuga, causando o pânico (já que nem todos, somos URSOS) na cidade.

 

Screenshot_2021-03-18 Peak Russia Man chased acros

 

Num episódio ocorrido na cidade russa de Nizhnevartovsk (Sibéria Ocidental) com cerca de 380 mil habitantes ─ o “palco da cena” ─ o registo de uma sequência inesperada provocada indireta/inconscientemente por alguém ─ um homem “fazendo figura de urso” ─ envolvendo como protagonista um outro urso (este verdadeiro) e (necessário para causar alguma emoção) um homem (dito como racional) pelo mesmo animal (dito como irracional) perseguido.

 

Screenshot_2021-03-18 Peak Russia Man chased acros

 

Entre o homem “fazendo figura de urso” (tendo-o retido em casa o urso), o verdadeiro urso (soltando-se do seu cativeiro e fugindo) e o homem-em-fuga (a vítima deste episódio) tudo acabando bem. Esta quarta-feira (17 de março de 2021) com um URSO libertando-se e abandonando a sua atual “prisão” ─ concedida e dada como substituição ao seu ambiente natural, por um figurante mascarado de homem, mas sendo “urso” (comportando-se de modo estúpido, ridículo, idiota/priberam.org)

 

Screenshot_2021-03-18 Peak Russia Man chased acros

 

Deparando-se rápida e repentinamente não no seu ambiente habitual (na floresta, inexistente nas proximidades desta cidade), mas no interior de um mundo para si (urso) estranho tal como a sua aparição o foi para as pessoas presentes: e introduzindo-se numa zona movimentada (com trânsito/pessoas), perdido e desorientado, sem consciência e sem objetivo definido (no seu ato e como reação) escolhendo aleatoriamente um alvo e como sendo só uma a espécie presente, saindo sem surpresas um homem.          

 

Screenshot_2021-03-18 Peak Russia Man chased acrosScreenshot_2021-03-18 Peak Russia Man chased acros

 

Entre as várias pessoas presentes escolhendo curiosamente uma estando ao telemóvel, lançando-se na sua perseguição (com o homem em fuga) e perseguindo-o em correria ainda alguns metros ─ inicialmente pelo passeio e depois tentando atravessar a rua (estrada) ─ até que providencialmente uma viatura (aproximando-se desta cena e no fundo, mesmo não o sendo, vindo em seu socorro) o salvou: ao atravessar em fuga essa rua levando atrás de si o urso, apanhado acidentalmente por uma viatura (sem ferimentos para o urso, apenas o deixando tonto) e interrompendo aí a sua perseguição (sendo depois sedado, tratado e recolhido).  Com as autoridades locais procurando o “dono-do-urso”.

 

(imagens: rt.com e Senpai/@Efremovv_/twitter.com/rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:43

Março 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO