Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

28
Fev 14

Os EUA empurram, a Alemanha deixa-se empurrar, a Ucrânia é empurrada...e depois vem a Rússia e empurra ao contrário. De que é que estavam à espera? E é por coisas como esta que a Europa está a morrer às mãos da Alemanha, com a Rússia a controlar, os EUA a ver e o resto do mundo sem ligar: para eles a morte da Europa, já há muito foi declarada.

 

Sebastopol

 

Com a crise política na vizinha Ucrânia a atingir o seu clímax – o Presidente fugiu da Ucrânia para a Rússia talvez através da Crimeia, entregando virtualmente todo o poder nas mãos dos rebeldes pró-ocidentais – a Rússia viu-se obrigada a defender de imediato os seus interesses nesta importante região fronteiriça tal e qual como o fez na Geórgia.

 

Desse modo não causa nenhuma admiração para qualquer indivíduo minimamente informado, que a Rússia na defesa dos seus interesses e da forte comunidade russa vivendo na Crimeia, tenha aparentemente iniciado a invasão da Ucrânia: primeiro duma forma não declarada, mas rapidamente se podendo traduzir numa invasão efectiva.

 

O que não se compreende no meio disto tudo é a estratégia adoptada pelos Estados Unidos da América e pela Alemanha com os acontecimentos que têm afectado a Ucrânia e que poderão levar a mais uma espécie de balcanização. Com que objectivo? Provocar a Rússia?

 

E se tudo se passasse por exemplo no México ou no Canadá – países fronteiriços com ligações históricas aos EUA – e os interesses e cidadãos norte-americanos começassem a ser perseguidos e agredidos – o que faria a América?

 

(imagem – huffingtonpost.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:52

O imperialismo russo não desarma facilmente e é comum a todos os seus regimes. A OTAN deve tornar claro que não permitirá a anexação da Ucrânia, preparando-se para enviar tropas para a Ucrânia ocidental, se os russos forem além da Crimeia. A futura Ucrânia deve ser admitida na UE e na OTAN se for essa a sua vontade. Os russos que colonizem a Sibéria e deixem os povos europeus em paz descolonizando a Ocidente...
Desculpem, já me esquecia..., só há colonização e colonialismo quando os colonos foram de barco à vela e não quando ocuparam terras indo em carroças puxadas por cavalos. Russos e americanos não são colonialistas... São ocupantes legítimos daquilo que muito bem entenderem e só "defendem os seus interesses", coisa que os portugueses e outros não tinham qualquer direito a fazer, porque foram de barco..., certo?
Sérgio Sodré a 1 de Março de 2014 às 21:10

A Ucrânia estaria bem melhor com a Rússia do que com a UE. As manobras de bastidores dos EUA para desestabilizar varias zonas do mundo para reverter situações politicas a seu favor continuam. Só que desta vez estão a ir longe de mais. E a Rússia não vaie permitir. E ainda bem. Invertendo a situação, como reagiriam os EUA com tentativas de desestabilização junto às suas fronteiras?!
Anónimo a 1 de Março de 2014 às 22:44

Ainda bem que regiões da Europa deixam de ter possibilidades de integrar o mundo livre das democracias liberais e são abocanhadas por estados de regime autocrático... Só foi pena que os desestabilizadores norte-americanos tenham alguma vez posto o pé na Europa..., doutro modo seríamos hoje bem mais felizes e não haveria esta fantasia dos direitos humanos e das liberdades individuais no nosso continente...

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO