Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

14
Abr 19

[Externo/Interno]

 

Lá tinha Donald Trump razão ao confundir inadvertidamente

(quando se referia à Venezuela e na presença de Mrs. Guaido)

O pobre País

(aí substituindo-o por ação subliminar)

Com uma poderosa Companhia

(a PDVSA)

 

Venezuela 'new government' could get $10 billion in trade financing

(Steven Mnuchin/Secretário do Tesouro dos EUA)

 

1024x1024.jpg

Os Predadores

Christine Lagarde (Fundo Monetário Internacional)

Steven Mnuchin (Secretário de Estado do Tesouro dos EUA)

Reunião do WB/IMF (realizada em Washington, este sábado, 13)

 

O que se passa no presente neste país da América do Sul – a VENEZUELA (o 32º maior do Mundo) com mais de 916 milhares de Km² (de área) e uma população próxima dos 32 milhões (de cidadãos) – sendo mundialmente conhecido como tendo (potencialmente) uma das MAIORES RESERVAS de PETRÓLEO do nosso planeta (a 1ª à frente da Arábia Saudita) – reside apenas na GESTÃO do seu PETRÓLEO (posto em causa o seu percurso anterior, pelo revolucionário-bolivariano Hugo Chavez) e na ESCOLHA das MÃOS (competentes) que o deveriam na realidade GERIR (naturalmente os norte-americanos, mais experientes que Maduro).

 

A group of finance ministers is working on a $10 billion package of trade finance

that could be made available to help Venezuela out of its economic and humanitarian crisis once a new government is put in place

U.S. Treasury Secretary Steven Mnuchin said on Saturday

(reuters.com)

 

Claramente como a Água (quando cristalina e servida em copos de cristal) com o grupo de Ministros das Finanças aí presentes (uns 20) comprometendo-se com o plano de intervenção exterior e conjunto IMF/WB/USA na Venezuela – um país segundo a carta da UN (liderada pelo português António Guterres) soberano e independente – dando carta-branca à prossecução do GOLPE (contra um país do seu próprio continente) em troca da promessa de uma fortuna de 10 BILIÕES (de dólares norte-americanos): mas sem MADURO, com GUAIDO. E tudo contando com o apoio de um total de 50 países (sendo verdade 25% da UN) maioritariamente seus vizinhos e com fortes ligações (de poder/poucos senão nenhuns ou subserviência/muitos senão todos) com os Estados Unidos da América (e como tal só podendo responder Amém).

 

800px-PDVSA_5_de_Julio.jpg

A Presa

Entrada de la sede de PDVSA

puede leerse atrás parte de la frase

"Patria, Socialismo o Muerte"

 

No meio disto tudo os VENEZUELANOS que se cuidem (pois com os norte-americanos por trás, ninguém lutará por eles).

 

E depois do triste espetáculo dado pelo milionário (britânico/espacial) Richard Branson (sem resultados visíveis senão o de se autopromover à custa da miséria dos outros), entretanto chegando (muito mais práticos) os amigos (ao solo venezuelano) sejam Russos ou Chineses.

 

ET: Extraterrestre

WB: Banco Mundial

IMF: Fundo Monetário Internacional

USA: Estados Unidos da América

UN: Nações Unidas

PDVSA: Empresa Estatal Petróleos de Venezuela

 

E já agora e em tipo de ressalva (não de desculpa, até pela sucessão ininterrupta de crimes praticados e nunca julgados):

 

No fundo não tendo os EUA culpa (total apesar de maioritária) da política de subserviência adotada por uma esmagadora maioria de países (como se vê nos referidos 50 apoiantes das recentes declarações do IMF/WB/USA sobre a Venezuela) − demitindo-se sempre de assumir responsabilidades e deixando-as por sistema (obediência) nas mãos do POLÍCIA do MUNDO (os EUA) – 25% deles (serão certamente mais) entre os cerca de 200 existentes e registados na UN.

 

(imagens: Jose Luis Magana/AP/chron.com e The Photographer/wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:03

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

15
16

21
25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO